Follow by Email

domingo, 28 de dezembro de 2008

Fome

Só quem já passou fome sabe realmente como é ruim. Quando tenho algum dinheiro não me desvio dos pedintes, que ajudo na medida do possível, pois já estive na situação deles. Rodei Icaraí toda, o bairro mais rico da cidade mais rica de Niterói, onde moro, pedindo comida aqui e ali. Fui até aquela igreja na Praia de Icaraí, no final da rua do canal pedir comida, imaginando que eles tomariam alguma providência. Diante de minha declarada e inquietante fome, o responsável perguntou "Serve alimento espiritual?", "Depende, vai matar minha fome?" Não ia, então fui enxotado pelo responsável que disse: "Vai ali que tem comida", apontando para o restaurante mais próximo que quem mora em Niterói sabe qual é. Também lá não me deram nada para comer.

Pedi em lanchonetes e me respondiam com "Se te der alguma coisa o patrão me despede". Então perguntei se eles compravam por R$50,00 um fogão 6 bocas, cor branca, da marca Atlas, usado. Eu usaria o dinheiro para comprar algum alimento - um negócio da China. "Se eu comprar, meu patrão me despede", diziam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário